Firmínio dos Hades
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Hipóstase


Humana estupidez ascende à santidade.
Submissas almas tombam num delírio atroz.
A carne chora perante uma divindade
Que regurgita culpa sobre todos nós.

Grilhão da humanidade,
Cadáver da moral,
Autismo coletivo,
Inópia vil mental!

O criador dos céus e da Terra? Quem disse?
Que fatos atestam essa nociva crença?
O universo me diz que esse Deus não existe...
Deus não pode habitar numa mente que pensa.

Grilhão da humanidade,
Cadáver da moral,
Autismo coletivo,
Inópia vil mental!

Deus é mito mordaz
Que enfraquece o viver,
É veneno cuspido
Sobre o nobre querer.

A tal crença que ecoa
Afirmando esse Deus
É somente trapaça
Dos desejos plebeus.

Grilhão da humanidade,
Cadáver da moral,
Autismo coletivo,
Inópia vil mental!

Sou mais um dos coveiros
Sepultando Javé:
Homens livres, enfim,
Das tolices da fé.

Sou o gáudio profano
Que dispara vindita
Sobre o néscio desplante
Dessa crença maldita!

Grilhão da humanidade,
Cadáver da moral,
Autismo coletivo,
Inópia vil mental!
Firmínio dos Hades
Enviado por Firmínio dos Hades em 16/10/2016
Alterado em 09/06/2017
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários