Firmínio dos Hades
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Em prol das liberdades


Filho das vastas fundas rebeldias,
Da obediência profanando os véus,
Passo eu mui quente pelas terras frias,
A derramar-me sob os vastos céus!

Filho das noites, genitor de dias,
Cantor de altivos faustos sóis griséus,
Da estupidez sangrando as felonias,
Todos os chefes eu declaro réus!

Das asas livres defensor, eu luto
Contra o direito dado às potestades!
Pespego eu nelas meu desprezo! Astuto,

Rejeito o linde! Em prol das liberdades,
Constantemente encarno um brado bruto,
Desacatando as vis autoridades!
Firmínio dos Hades
Enviado por Firmínio dos Hades em 02/06/2017
Alterado em 09/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários