Firmínio dos Hades
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos

Um tiro só


Um tiro só, no crânio, é-me atraente:
Tombar, de chofre, como um tronco bambo;
Partir, p’ra sempre, feito um vão molambo
Tinto de sangue, langue, molemente.

Um tiro só, na boca. Um só. Somente
Um tiro, eterno e trágico. Eu me cambo
Para um porvir que já me lambe... E o lambo...
Refulgirás, ó tiro intransigente?

Um tiro apenas, p’ra cumprir o plano
Por mim pensado. Um belo tiro ufano,
Para lustrar meus imos sentimentos.

Um tiro apenas, no meu crânio, eu quero,
Para encerrar-me com o sanguíneo esmero
Do suicídio que há nos meus intentos.
Firmínio dos Hades
Enviado por Firmínio dos Hades em 03/06/2017
Alterado em 09/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários