Firmínio dos Hades
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Medeiros


Amor igual não há, nem haverá,
Capaz de como o meu te amar assim...
O amor é tanto que me faz sangrar
Um sangue grosso muito carmesim...

Amo-te tanto quanto é justo amar...
E a nossa história não chegou ao fim...
Um grande amor por ti troveja em mim,
Mesmo que mais não possas tu notar...

Mesmo que as dores fiquem muito agudas
Quanto mais ficam nossas bocas mudas...
Mesmo perdido em braços forasteiros...

Mesmo que aumente mais a vil ferida,
Enquanto houver em mim sinal de vida,
Amada sempre tu serás, Medeiros!
Firmínio dos Hades
Enviado por Firmínio dos Hades em 30/06/2017
Alterado em 01/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários